terça-feira, 21 de julho de 2009

63Kg Off...Bom D+!



Olá amigos, tudo beleza?
Espero que todos estejam bem!
Eu? Se não estou tento ficar, é a lei da natureza né mesmo?
Desde meu último post, aconteceu muitas coisas, umas boas outras ruins, mas a vida não é feita 100% de flores, e o que nos resta é saber separar o joio do trigo e comemorar as boas e passar pelas más tentando se afetar o mínimo possível!

Notícias boas:
*Fiz algumas 'boas' entrevistas de emprego! Aguardando agora os resultados.
*Minha amiga/irmã Grazi após 10 anos de tentativas enfim foi chamada num concurso público que ela fez e comemoramos a vera sua nomeação! Ela merece pacas!
*Amigos meus que haviam se afastado, estão voltando a minha vida, e estou imensamente feliz por isso!
*Na consulta com minha Nutri Sandrinha, foram-se mais 05Kg pro espaço em menos de 15 dias! Ufa!
*Tenho saído mais de casa, nem que seja uma visita a casa de amigos, uma janta aqui em casa para eles, almoço no final de semana na minha mamy ou na casa da minha avó! Isso tem me ajudado a espairecer e ter dissernimento para tomar algumas decisões.

As notícias más eu não vou enumerar, como falei, já passei por alguma delas portanto são passado, e como não sou museu para viver de passado, pulemos esta página!

Acho que meu maior obstáculo no momento é minha crise conjugal, que tenho tentando resolver da maneira mais harmônica possível, até porque temos uma filha e não adianta dizer que não quero vê-la sofrer, isso é inevitável, porém posso querer e fazer de tudo para que ela sofra o mínimo possível! Minha meta atualmente é esta, meu foco é ela e o seu bem estar!
mas futuramente abordo mais este tema, e como ainda estamos num empasse, vou me abster de comentários mais profundos! Mas acreditem quando tudo se resolver, conto à vcs.
Acho importante relatar à todos você, porque muitas mulheres encontram-se na mesma situação que eu, e sem coragem para dar seu grito de liberade, grito de felicidade, e ainda bem que estou fazendo isso enquanto nova, enquanto ainda tenho tempo de buscar minha felicidade, se não daqui mais alguns anos me tornaria uma pessoa amarga, rancorosa, e infeliz, fazendo as pessoas a minha volta infelizes, e isso não quero de forma alguma!
Tenho uma vida somente e quase a perdi em setembro do ano passado, reavaliei muito tudo o que vivi e passei e decidi que vou ser feliz, e o melhor MEREÇO SER FELIZ!

Voltando ao meu emagrecimento, em menos de 25 dias eliminei 10kg, fiquei surpresa e um pouco assustada, mas como para tudo há uma explicação, devido ao stress e o nervoso que tenho passado, venho me alimentando pouco, e as vezes o pouco que consigo volta!
Mas tenho tentando balancear tomando muito líquido e sempre que possível comer direito!
Não está sendo nada fácil, mas estou sendo bem monitorada pela minha equipe graças à Deus, e tenho recebido todo o apoio deles, 100% fulltime!!!!
Como pode as coisas serem tão diferentes né mesmo?
Antes da gastro se eu ficasse nervosa, anciosa, estressada, comia pelos tubos, tudo o que visse, até os pés da mesa eu roia se fosse possível....
hoje basta estar nervosa ou estressada que a comida não desce, entala, tranca na garganta e a ânsia logo aparece! Que doideira isso!!!

Li uma matéria no site "Tommaso" que acho bem legal passar para vocês.

Apreciem a leitura e obrigada pelas visitas e recadinhos que tenho recebido!

Cris fênix, Carolina, Cíntia Teles, Thaízi, "dailicious"(ñ achei seu nome flor, mas obrigada pela visita)....Meninas vcs são MARA! Obrigada de coração pelo carinho e amizade!

FATOR EMOCIONAL E EMAGRECIMENTO

O sobrepeso e a obesidade são causados por diversos fatores : genéticos, biológicos, nutricionais e psicológicos. Os últimos atuam de dois modos : podem levar a pessoa a comer mais e podem funcionar como autêntico OBSTÁCULO Á PERDA DE PESO, um verdadeiro BLOQUEIO à aderência a um programa de emagrecimento.

São vários os problemas emocionais que podem levar a aumento de peso ou a impedir que a pessoa emagreça :

Compulsão alimentar: pessoas que comem não por fome ou prazer, mas o fazem por ansiedade, apressadamente, ingerindo grandes quantidades de alimento em curto período de tempo, sentindo-se depois culpadas ou arrependidas. Muitas vezes estão em uma dieta personalizada, equilibrada e saborosa e, repentinamente começam a comer e não param mais, a não ser quando estão empanturradas, cansadas ou com mal estar. Así vem o arrependimento, mais ansiedade e o final

de mais uma dieta. SE A COMPULSÃO ALIMENTAR ESTIVER PRESENTE E NÃO FOR TRATADA INVIABILIZARÁ TODOS OS ESFORÇOS DA PESSOA PARA EMAGRECER.

Depressão: a depressão afeta a pessoa como um todo. Pessoas que estão deprimidas em, entre outros sintomas, alteração no comportamento alimentar para mais (ou para menos) que pode leva-las a engordar. Há queda da motivação para a dieta, auto depreciação, pessimismo. Quando a depressão estiver presente em algum grau no candidato a emagrecimento, deverá ser tratada prioritariamente.
Ansiedade : é o vilão número um das dietas alimentares. Apresenta-se em diversas formas (pânico,fobia social, ansiedade generalizada, agorafobia, stress pós traumático, fobias específicas, etc). Pessoas tensas, excessivamente preocupadas, com pânico, medos diversos, podem encontrar no alimento um “lenitivo” para seus males, para um estado interno de desconforto indefinido. Hoje, as formas clínicas de ansiedade são conhecidas, pesquisadas e seu tratamento de bom pro

gnóstico. É MAIS FÁCIL TRATAR A ANSIEDADE DO QUE OS MALES DELA DECORRENTES.

Stress: é comprovado que o stress tem influência sobre o peso corporal, seja pelo aumento do cortisol circulante ou pelo aumento da quantidade de alimento ingerida, que passa a atuar inadequadamente como “mecanismo anti-stress”.
Dificuldades sexuais, conjugais ou afetivas : é sempre importante verificar o que se esconde por trás da obesidade ou do excesso de peso. A gordura pode servir de “escudo” para evitar relacionamentos, não assumir a própria sexualidade ou mesmo c

omo forma de “rebelião passiva” a situações conjugais conflitivas.
Problemas de relacionamento : dificuldades de relacionamento familiar, social (timidez excessiva, agressividade social,baixa assertividade e outros) podem levar a pessoa ao prato.
Dificuldade de controle de impulsos : pessoas impulsivas, que não conseguem adiar a gratificação imediata de um impulso em detrimento a uma gratificação a médio prazo (comer é gratificante a curtíssimo pra

zo, emagrecimento a médio prazo), são mais vulneráveis a uma “sabotagem” em sua dieta.
Quando problemas psicológicos estão presentes (sejam eles causa ou efeito) dificultando ou inviabilizando a perda de peso deverão ser tratados conjuntamente. Na maioria são problemas que podem ser superados com abordagem psicológica adequada. Se continuarem atuando põe pro terra os mais competentes programas de emagrecimento e os mais sinceros propósitos de pessoas que “sabem o que fazer mas não conseguem fazer o que sabem que deveriam”...

Fonte: Tommaso




Bjokinhas

7 comentários

Heliane disse...

Oi Nanny!!!
A quanto tempo??? Q bom q vc deu noticias, e olha estou aqui se precisar, mas espero q vc consiga resolver td da melhor forma possivel.
BJKS e ve se ñ some mais.
Ah! E parabéns pelos 63 kgs off.

teste da graziela braga disse...

Oi Nanny vou linkar vc la em casa. bjs


www.GRAZIGASTRO.ZIP.NET

Carol disse...

Amiga querida, imagine como a vida seria sem graça se não tivéssemos os problemas?! Tire de cada um a lição necessária. Vc é vencedora e pode tudo viu! Te amo amiga!

Michele Rodrigues disse...

Olá Nanny! Meu nome é Michele Rodrigues e sou de Belo Horizonte/MG li seu depoimento e fiquei muito emocionada, que mulher valorosa vc é, mulher de garra, de fibra, parabéns por sua história por sua vida....te adicionei no meu skipe: recepcao.patachou, qndo puder entra lá pra conversarmos ou me mande um email ok!! Bjos e que Deus abençoe todas as áreas de sua vida.

Ingrith disse...

63 Kg off, é tudo de bom, né? Sorte ai nas entrevistas!

Sweet Carola disse...

Oi querida!

Estou conhecendo agora seu cantinho cor de rosa e vou acompanhar sua história!

Belo post! Aguardo uma visitinha tmb!

Beijão e sucesso!

Ana Maria disse...

Nanny querida tenho certeza de que você irá superar esse momento difícil em seu casamento. Já ultrapassou várias barreiras antes, saiu vitoriosa em todas e não poderia ser diferente. Você é um exemplo de garra, persistência, sabedoria e sensatez. É uma vitoriosa linda. Que Deus permaneça ao seu lado!!!
Beijocas de sua fã e admiradora.
Ana Maria - Uberlândia - MG